Remarketing: o seu aliado para aumentar as vendas de natal!

No Comments

Chegou a época mais mágica do ano. Quem não sente o espírito natalício a pairar no ar?

Os shoppings já se enchem em busca do presente ideal, os tradicionais cânticos já se ouvem nas rádios, e toda a cidade parece vestir-se de vermelho e branco.

Se para os consumidores esta é uma altura de compras constantes, para as empresas de E-commerce é hora de maximizar esforços para atrair o maior número de compradores possível. Esta é, então, a época perfeita para tirar partido de uma das ferramentas de Adwords mais poderosas para conseguir incrementar vendas online: o Remarketing.


Mas afinal, o que é o
Remarketing?

Esquema Remarketing

Os anúncios de Remarketing podem ser apresentados em várias plataformas como sites, blogs, motores de pesquisa ou nas redes sociais. Destinam-se às pessoas que já visitaram o seu website e depois o abandonaram, ou pessoas que já interagiram com o seu serviço ou comunidade, seguindo-o por exemplo nas redes sociais.

Apesar dos seus esforços para converter estas pessoas como clientes, a verdade é a esmagadora maioria de pessoas que visita sites de E-commerce acaba por não se traduzir numa conversão. Isso pode ficar a dever-se a uma série de fatores, como:

  1. O cliente ainda não estar pronto para comprar o produto;
  2. O cliente querer comparar preços noutros sites;
  3. O preço do produto ser superior ao preço que o cliente está disposto a pagar;
  4. Os custos de envio serem muito altos;
  5. O cliente querer apenas guardar produtos no carrinho de compra para consideração posterior.

O objetivo destes anúncios é atrair estas pessoas de volta à sua loja online através de uma mensagem cativante e eficaz, de forma a fazer com que avancem no funil de compra e decidam fechar negócio.


Chegou o Natal, chegaram grandes oportunidades!

Carrinho de Compras Natal

Pesquisas efetuadas pelo SaleCycle.com às vendas online durante a época festiva do Natal demonstraram que, durante o período natalício, não é só o tráfego dos websites que aumenta consideravelmente. Na verdade, existem outros dados que comprovam como o Natal traz grandes oportunidades para o seu negócio online:

  1. Dezembro tem a menor Taxa de Abandono – Durante a maior parte do ano, os clientes gastam algum tempo a pesquisar os artigos que pretendem comprar, analisando as várias opções e comparando preços. No natal não! Os compradores estão muito mais conscientes acerca de fatores como o tempo de entrega, o que leva a uma queda de 5,7% nas taxas de abandono do carrinho de compras.
  2. Taxas de Abandono aumentam com o valor total da compra – Quanto maior for o valor da compra, maior será também a tendência para que o cliente abandone o carrinho. Para impedir isso, considere acrescentar alguns incentivos como o envio gratuito ou cupões de desconto para pessoas que comprem produtos de maior valor.

Do mesmo modo, em dezembro a taxa de abertura nas campanhas de e-mail marketing é maior e as conversões são mais rápidas. Portanto, incluir esta estratégia no seu plano de comunicação de Natal é algo que não pode faltar!

 

As melhores dicas de Remarketing para usar neste Natal

Agora que já sabe o potencial que os anúncios de Remarketing têm na época de Natal, conheça algumas ideias de como os utilizar na sua loja online para que comece a ver as suas vendas de Natal aumentar.

1. Considere aumentar os seus lances

No final do ano, a competitividade por um lugar de destaque no que diz respeito aos anúncios pagos é ainda mais alta.

Considere aumentar os lances dos seus anúncios de Remarketing durante as semanas de Natal, como forma de aumentar as chances de conquistar mais clientes. Para tal, equilibre os lances de acordo com a probabilidade de ocorrerem conversões. Por exemplo, alguém que tenha chegado a adicionar algo ao carrinho de compras terá uma maior probabilidade de compra do que quem tenha visto a homepage do seu site de vendas. Do mesmo modo, pode verificar que certos tipos de produto têm maior taxa de conversões e investir mais na promoção dos mesmos.

Tente antecipar este processo e comece já a analisar as tendências de tráfego do seu website por hora, dia e semana, verificando não apenas as tendências correntes como também da época de Natal passada.

2. Crie uma audiência ampla de Remarketing para conseguir um menor CPC

Audiência de Natal

Durante o mês de novembro, comece a recolher a audiência para a qual irá apresentar os seus anúncios de Natal. Adicione todos os usuários que acedam à sua loja online a Listas de Remarketing personalizadas segundo vários parâmetros, como as páginas ou secções visitadas, ou até o valor máximo pelo qual as pessoas realizaram uma compra.

São estas listas que irão servir de base para criar as suas campanhas, pelo que quanto maior for o número de usuários nessa lista, maior será o efeito dos anúncios.

Além disso, se conseguir uma audiência ampla e bem segmentada, quando apresentar os anúncios o CPC (Custo Por Clique) vai ser mais baixo, pois maior será o número de pessoas a clicar nos seus anúncios.

3. Apresente anúncios de Remarketing com produtos relacionados

Se os seus clientes viram determinado produto, mas não o compraram, por que não mostrar outros produtos relacionados com a categoria visualizada anteriormente?

Por exemplo, se o cliente foi ao seu website e visualizou as páginas de calças, pondere apresentar anúncios de Remarketing com peças de roupa que possam fazer conjunto com esse artigo, como camisolas ou casacos.

Como os seus compradores andam à procura de vários presentes de Natal, dê-lhes novas opções de compra além de anunciar os produtos já vistos, para que os seus clientes tenham mais por onde escolher.

4. Adicione ofertas especiais e provoque uma sensação de urgência na compra

Descontos de Natal

As pessoas adoram ofertas especiais! Isso engloba, por exemplo, descontos ou o envio gratuito.

Adicione estas informações nos seus anúncios de Remarketing, incluindo sempre o preço antigo e o novo preço para que as pessoas possam perceber o quanto estão a poupar.

Do mesmo modo, anunciar uma edição limitada, uma promoção de natal ou um serviço extra grátis (por exemplo, um embrulho bonito!) por um dado limite de tempo são bons exemplos quem tornam os seus clientes mais predispostos à compra, pois vão sentir que essas ofertas já não estão disponíveis por muito tempo.

5. Use a criatividade ao máximo

Crie anúncios dinâmicos e recorra a vários formatos como vídeos, imagens, animações ou texto. Não se esqueça de tornar tudo mais natalício, incluindo certas expressões e símbolos de Natal.

Quanto mais fora do comum os seus anúncios forem, maior será a probabilidade de interação com os mesmos. No entanto, os anúncios devem ser o mais direto e personalizados possível, pois anúncios genéricos não criam ligação com o consumidor, mesmo que tenham uma ótima apresentação.

6. Use vários canais online de comunicação

 Para garantir que os seus potenciais clientes veem as suas mensagens, considere apresentá-las em vários canais, interligando anúncios display em websites e motores de pesquisa através do Google Adwords, com anúncios no Facebook ou Instagram.

 Pense de forma holística durante a temporada de Natal, pois os consumidores cada vez mais usam múltiplas plataformas para procurar artigos. No entanto, tenha sempre atenção à consistência e personalização dos anúncios em cada um destes pontos de contacto, com mensagens de natal específicas para cada público.

7. Marque presença no mobile

Natal no Mobile

A presença no mobile está-se a tornar obrigatória, se pretende aumentar as suas vendas online de Natal!

Um estudo divulgado pela Nielsen – “Mobile Shopping, Banking and Payment Survey” –  revela que as compras online via mobile são opção para cerca de 70% dos portugueses, procurando informações e comparando preços durante a compra.

Do mesmo modo, segundo um estudo realizado o ano passado pela Showroomprive.pt sobre os hábitos de compra de Natal dos portugueses, cerca de 50% dos consumidores admitiu realizar mais compras online no Natal de 2016 do que no Natal de 2015, e 21.6% afirmou comprar todos os seus presentes online se com isso poupasse dinheiro.

Outro dado relevante deste estudo foi o facto de os consumidores portugueses gostarem de antecipar as suas compras, sendo que 30% começa a pensar no que oferecer um mês antes do Natal. Como tal, comece a implementar os seus anúncios de Remarketing logo no mês de novembro, dando tempo aos seus clientes para ponderarem a compra.

Assim, também no mobile deve atualizar os lances que atribuiu aos seus anúncios de Remarketing para garantir que estes são vistos nos dispositivos móveis. Use ainda URLs para enviar os seus clientes para uma landing page apelativa e centrada na temática do Natal!

Com tanto que é possível fazer, a melhor forma para sobreviver à intensa concorrência que se vai fazer notar na época de Natal é simples: preparar-se antecipadamente.

Planeie quem quer alcançar, como o vai fazer e defina um cronograma com todas as ações necessárias para implementar a campanha, bem como a data de início e fim em que os seus anúncios vão ser exibidos. Estabelecer uma data limite para os seus anúncios nesta época é algo especialmente importante pois a entrega deve ser assegurada alguns dias antes da véspera de Natal.

Do mesmo modo, não se esqueça de limitar a frequência de apresentação dos anúncios para 3 a 4 vezes por dia, de forma a não ser demasiado intrusivo.

Agora, já pode criar a sua campanha de Remarketing de Natal tendo em conta os seus objetivos, e tudo o que aprendeu. Não se esqueça de ir monitorizando os anúncios, para que possa otimizar a campanha consoante os resultados e, assim, conseguir o maior número de vendas de Natal!

No Comments

    Leave a Comment