Como funcionam os motores de pesquisa – rastreamento e indexação

No Comments

optimização nos motores de pesquisaAs duas funções principais dos motores de pesquisa são o rastreamento e a indexação. Desta forma conseguem construir um índice para fornecer respostas por via de um cálculo de relevância. Podemos imaginar a world wide web como uma gigantesca rede de metropolitano com inúmeras paragens em que cada paragem é um documento, seja ele uma página web ou um ficheiro jpg, pdf etc…Para encontrarem todos os documentos, os motores de pesquisa precisam de caminhos e escolhem sempre os melhores caminhos possíveis –  os Links.

Seguindo estes caminhos, os links, os robots automatizados dos motores de pesquisa (crawlers ou spiders) conseguem chegar a biliões de documentos que estão interligados. Quando encontram as páginas os seus códigos são decifrados e estas são armazenadas em potentes discos rígidos para serem mostradas mais tarde quando for feita uma pesquisa. Para guardar esta imensidão de milhares de milhares de páginas que tem de ser mostrada de forma muito rápida quando são pesquisadas, os motores de pesquisa construíram enormes datacenters de grande capacidade que estão localizados em várias partes do mundo.

Quando uma pessoa faz uma pesquisa através de um dos principais motores de pesquisa quer respostas quase imediatas. Um pequeno atraso na entrega de resultados, 1 ou 2 segundos, pode levar à insatisfação da pessoa e isso é algo para qual os motores de pesquisa trabalham para evitar.

Os motores de pesquisa são máquinas de respostas que facilitam a vida das pessoas quando estas procuram por alguma coisa online. Quando alguém em qualquer parte do mundo procura por algo o motor de pesquisa tem de vasculhar biliões de documentos e faz duas coisas:

  1. Entrega, em retorno da pesquisa, os resultados relevantes ou úteis para a consulta efetuada
  2. Classifica os resultados por ordem de utilidade percebida

A relevância e a importância é aquilo que as técnicas de SEO pretendem influenciar.

No Comments

    Leave a Comment